#RC100

12:00


27 de Março de 2011: um dia histórico para o futebol mundial!
Às 17h09, na Arena Barueri, um feito inédito aconteceu.
O ídolo da torcida do São Paulo chegou, enfim, aos seus 100 gols!

14 anos depois do primeiro gol, em 15/02/1997, contra o União São João, em Araras, pelo campeonato paulista, no comando de Muricy Ramalho, Rogério Ceni, chegou a esta importante marca para o futebol mundial.
Todos pensavam quando esse momento chegaria, contra quem e como?
Quem imaginaria que isso aconteceria contra um dos maiores rivais do São Paulo, o Corinthians, num jogo que quebraria um tabu de 11 jogos, 4 anos, sem vitória do São Paulo em cima do Corinthians. Um jogo que teve de tudo: gols de fora da área e 3 expulsões. Um jogo nervoso, faltoso e com pouca técnica. Mas um jogo que acabou entrando pela história, não pelo contexto, mas pelo que aconteceu aos 9min do jogo.
Para Rogério, pouco importou contra quem ele fez o seu centésimo gol, mas para a torcida do São Paulo, fez toda a diferença.

Tanto é que foram 10min de estouro de fogos e sem falar que, quando Fernandinho sofreu a falta, a torcida já comemorava antes mesmo do goleiro ter ido bater a falta.
Rogério Ceni já tinha entrado para a história do futebol mundial ao superar Chivalert contra o Cruzeiro. Na época, o goleiro inovou marcando um gol com a bola rolando, depois de uma jogada ensaiada, e ainda marcou de penalti, no campeonato brasileiro de 2008, chegando aos 66 gols.
Agora, ele entra para história de maneira que nenhum goleiro jamais imaginou.
São 56 gols de falta e 44 gols de penalti.
Além de um bom goleiro e um ótimo profissional e exemplo para muitos hoje em dia.
São mais de 20 anos dedicados ao São Paulo, 965 jogos, desde que se tornou titular da equipe.
E sempre dedicando boa parte da sua vida ao clube que ele respeita e aprendeu a amar.

Alguns contestam, dizendo que Ceni chegou ao gol número 98, pois, a FIFA não reconhece dois gols do goleiro marcados em amistosos. Mas, o fato, a história e os números mostram o contrário.
Jornais do mundo todo noticiaram este momento histórico, inclusive nosso hermanos argentinos. O que mostra que este foi mesmo um feito que, dificilmente, outro goleiro vai alcançar.

Rogério Ceni... um homem... um golerio... um #M1TO!
Por tudo isso, ele é o maior ídolo da história do São Paulo Futebol Clube.

You Might Also Like

3 comentário(s)

  1. Legal ler um texto assim vindo de uma palmeirense

    ResponderExcluir
  2. Por: Thiago Yuri...

    Ops, #FAIL

    ResponderExcluir
  3. haushaU9SHuiashuihuihsaiu #fAIL

    ResponderExcluir